Home

Bodas de Prata

Segunda Feira, dia 7 de julho, a comunidade da Igreja de Nossa Senhora das Dores, comemorou os 25 anos do casamento de nosso querido casal Carmem e Alcindo, e sua filha Bia, celebrando a Eucaristia e depois eles receberam todos, no quiosque, com um delicioso bolo. Parabéns a eles, e que Deus continue a abençoa-los comsuas graças.


***

Padre Augusto nomeado Administrador Paroquial da Paróquia de São Cristóvão em Valinhos.


Missa dos jovens da Paróquia de N.S. das Dores, arquidiocese de Campinas.
Sábado dia  05 de julho


Novo Espaço de Atendimento Paroquial
Secretaria e Sala de Atendimento.

Foi iniciado essa semana de forma efetiva o novo Espaço de Atendimento Paroquial com a Secretaria e a Sala de Atendimento, além da revitalização do quiosque, com ampla reforma e construção de sanitários.

**********

***********

Missa Jovem 2 – Barzinho de Jesus

PROJETO MISSA JOVEM

Um projeto intitulado Missa-Jovem acaba de ser lançado por nosso Vigário Pe. Augusto.

Esse projeto visa a celebração de uma Missa para os jovens, que o envolva na preparação e na própria liturgia e que, ao mesmo tempo, faça a integração e união, tendo em vista projetos de ação social. Celebrada antes do Barzinho de Jesus, amizade com membros de outras comunidades, poderemos ver crescer espa-ços com que a juventude católica se identifique.

Festa de Santa Maria Madalena
“Eu vi o Senhor” – - Jo 20,1-2.11-18
Monsenhor João Luis Fávero
22 de julho de 2014

Maria Madalena, discípula de Jesus, a qual Jesus havia libertado de muitos males (Lc 8,1-3), é agora testemunha de sua ressurreição. O primeiro dia da semana é a unidade de tempo que perpassa os relatos da “aparição do ressuscitado”. A ressurreição não pode ser provada ao modo da ciência. Ela é objeto da fé. A presença do ressuscitado não é evidente nem experimentada imediatamente. Num primeiro momento, Maria Madalena não pôde “ver” o Senhor através dos seus sinais. Isso porque o reconhecimento do Ressuscitado necessita do testemunho e da fé. A tristeza impede de ver com clareza e para além do imediatamente perceptível. O Senhor trata a cada um pessoalmente, por isso sua palavra a Maria Madalena suscita nela a exclamação própria da fé: Rabûni! Maria Madalena entra no mistério de Jesus Cristo ressuscitado; experimenta que o que ela imaginava e a fazia sofrer difere do que ela agora experimenta no encontro com o Senhor: o corpo transfigurado de Jesus pela ressurreição permite encontrá-lo nas mais diferentes situações da existência humana. O encontro de Maria Madalena com o Senhor foi de tal modo profundo que ela pôde dizer: “Eu vi o Senhor”.

MEDITAÇÃO

Já ouvi o Senhor chamar-me pelo meu nome? Ele é o meu Mestre? Sou testemunha de que ele vive entre nós? Ajudo a recuperar a alegria, a fé, a esperança no coração das pessoas que se perderam na dor, na desilusão, no desespero? Reconheço a voz do Senhor? Tenho o mesmo respeito e valorizo as mulheres como Jesus? Disseram os bispos, em Aparecida:

“A prática de Jesus foi decisiva para significar a dignidade da mulher e de seu valor indiscutível: falou com elas (cf Jo 4,27), teve singular misericórdia com as pecadoras (cf. Lc 7,36-50; Jo 8,11), curou-as (cf. Mc 5,25-34), reivindicou sua dignidade (cf Jo 8,1-11), escolheu-as como primeiras testemunhas de sua ressurreição (cf. Mt 28,9-10) e incorporou-as ao grupo de pessoas que lhe eram mais próximas (cf. Lc 8,1-3).” (DAp 451).

ORAÇÃO

Pai, reforça minha fé na ressurreição de teu Filho Jesus, pois com ela deste prova de amá-lo e destiná-lo para a comunhão eterna contigo.

Os sinais oferecidos por Jesus exigem fé
Mt 12,38-42
Monsenhor João Luis Fávero
21 de Junho de 2014

Para os escribas e fariseus, tudo o que Jesus ensina e os seus atos de poder não são provas da sua identidade messiânica. O que eles pretendem é um sinal visível, entenda-se, fenômenos celestes extraordinários (16,1-4; cf. 4,5-7) que os dispensem da dinâmica própria da fé. Jesus se recusa a ceder à tentação e propõe, na versão mateana, dois outros sinais, baseados no sinal de Jonas. Em primeiro lugar, o sinal de Jonas foi a sua palavra profética ante a qual os ninivitas se converteram. Em segundo lugar, a menção do episódio de Jonas, que passou três dias e três noites no ventre do grande peixe (Jn 2,1), evoca a morte e ressurreição de Jesus. O mistério pascal do Cristo é o sinal, por excelência, da divindade de Jesus. Um e outro sinal oferecidos por Jesus exigem o engajamento da fé. A rainha de Sabá, uma pagã, tendo ouvido falar da fama do rei, de muito longe foi até Salomão para escutá-lo e se admirou de sua sabedoria (1Rs 10,1-13). Ora, como diz nosso texto, Jesus é maior que Salomão. Mas, por detrás dos escribas e fariseus, está toda uma geração “perversa e adúltera”, isto é, infiel e idólatra.

MEDITAÇÃO

Devo fortificar minha fé e não sair em busca das obras, milagres ou sinais de Deus. Creio na Pessoa de Jesus Cristo e com ele vêm a mim todos os bens, tudo que é necessário para a minha salvação. Na Conferência de Aparecida, os Bispos afirmaram:

” O encontro com Cristo, graças à ação invisível do Espírito Santo, realiza-se na fé recebida e vivida na Igreja. Com as palavras do papa Bento XVI repetimos com certeza: “A Igreja é nossa casa! Esta é nossa casa” Na Igreja católica temos tudo o que é bom, tudo o que é motivo de segurança e de consolo! Quem aceita a Cristo: Caminho, Verdade e Vida, em sua totalidade, tem garantida a paz e a felicidade, nesta e na outra vida!”(Discurso em Aparecida, 12 de maio de 2007). (DAp 246).

ORAÇÃO

Pai, dá-me simplicidade de coração para reconhecer que Jesus é teu Filho, enviado ao mundo para nos salvar. E que jamais eu exija sinais além dos que ele já realizou.

outros textos…


……………

AULAS DE INFORMÁTICA COM ÊNFASE
PARA A 3ª IDADE

Inicio das aulas 2014
Segunda Feira – Dia 20/01/2014

Aulas as 2ª Feiras e 4ªas feiras

9hs00 às 10hs00 e as 15hs00 às 16hs00

Inscrições na Secretaria da Igreja

Vivemos hoje a era da informática, o avanço da tecnologia trouxe acesso a informação de forma quase instantânea, Em uma sociedade informatizada, é imprescindível o domínio das ferramentas que possibilitam o acesso e a manipulação da informação, pois o computador tornou-se um instrumento para ampliar o pensamento e redefinir a forma de comunicação do ser humano.

No mundo da Informática, não há limite de idade, a informática para terceira idade chegou para trazer benefícios e apresenta-se como uma grande oportunidade de exercitar a mente, a memória, e aumentar sua auto-estima.

Os alunos da informática para terceira idade podem utilizar o computador para diferentes finalidades, por isso ministramos: aulas para comprar produtos ou serviços, aulas para fazer novas amizades, aulas para reencontrar amigos, aulas para conversar com familiares que vivem no exterior, aulas para estudar pela internet ou mesmo realizar pesquisas por lugares que deseja conhecer.

Para cada aluno existe uma necessidade e oportunidade que são esclarecidas em nossas aulas e cursos de informática para terceira idade.

Vídeo da Homilia do dia 20/07/2014
“Parábolas revelam o que as palavras não dizem”
Mt 13,24-43

********


Homilia do dia 15/06/2014

“Como é Deus?”

Jo, 3, 16-18

Padre Augusto

**********

……..

Livro sobre a Paróquia de

Nossa Senhora das Dores


Diácono José Antonio Jorge

Campanha da Fraternidade
TRÁFICO DE PESSOAS
Diácono José Antonio Jorge

*******

O Lado A do Santo
(Padre Anchieta)
Diácono José Antonio Jorge

Peço ao Correio Popular a oportunidade de discordar, respeitosamente, do que a dra. Lídice Meyer Pinto Ribeiro (Correio,14/4/14), escreveu sobre um homem extraordinário,o padre José de Anchieta que exerceu entre os índios  as tarefas de médico, sacerdote jesuíta e professor. LEIA MAIS...